SOCEP PARTICIPA DO SEMINÁRIO NACIONAL UNIDADE AMIGA DA PRIMEIRA INFÂNCIA PROMOVIDO PELO UNICEF.

30

Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) em Fortaleza organizam-se para uma transformação na oferta de serviços à infância, particularmente, à primeira infância, reconhecendo as grandes janelas de oportunidades entre o período formado desde a concepção do ser humano até os seus dois anos de idade – 1000 dias!

Fase da vida cujas recentes descobertas da neurociência mostra a rápida modelagem da arquitetura, organização cerebral em resposta aos estímulos – neuroplasticidade, que permitem o desenvolvimento das capacidades possíveis com as quais nascem os seres humanos.

Trata-se de unidades de saúde que aderiram à proposta da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, Ceará – SMS/Fortaleza-CE, de um programa cujo objetivo é a melhoria da atenção à saúde da criança, nominado Unidade Amiga da Primeira Infância (UAPI), nas quais gestores e profissionais são estimulados, qualificados para o alcance de metas que os certificarão com o título “Unidade Amiga, da Primeira Infância”. A certificação é feita por organizações científicas de classe centradas no crescimento dos profissionais de saúde, complementando seus conhecimentos por meio de atividades pedagógicas, de modo que possam ofertar atendimento de qualidade à população a qual destina suas atividades.

Por suas características de atuação cujo propósito final é a saúde da criança e do adolescente foram designadas pela SMS Fortaleza a Sociedade Cearense de Pediatria (SOCEP) e a Associação Brasileira de Enfermagem – Secção Ceará (ABEn-CE) para fortalecer a capacitação de médicos e enfermeiros, avaliar e certificar as unidades cujas metas propostas forem alcançadas. Este processo recebe assessoria técnica e financeira do UNICEF que apoia, iniciativas governamentais que visam melhoria de vida e de saúde de crianças e de adolescentes.

A decisão dos gestores da saúde de Fortaleza, para a concepção e criação do programa UAPI, fundamenta-se em estudos avaliativos – dissertações de mestrado mostrando a necessidade do investimento em melhoria da oferta e realização plena das ações de atenção à saúde da criança, especialmente durante a primeira infância e, de modo especial e preocupante, apresenta a fragilidade extrema de avaliações e de monitoramento do desenvolvimento infantil, assim como do processo de vacinação cujas coberturas em relação aos menores de um ano de idade, vem em contínua queda para patamares muito inferiores aos que são considerados protetores da saúde infantil.

A partir do acordo de cooperação assinado em 26 de fevereiro de 2019, pela UNICEF Brasil, Sociedade Cearense de Pediatria (SOCEP) e a Associação Brasileira de Enfermagem – Secção Ceará (ABEn-CE), as instituições vem trabalhando ao longo desses dois anos no acompanhamento, avaliação e a certificação, com estudos qualitativos e quantitativos para escrever a sistematização e finalmente divulgar e promover a ampliação dessas UAPIS dentro do Pais.

Foram realizadas  processos de trabalho para avaliação dos indicadores alcançados e classificação em certificação das Unidades Amigas da Primeira Infância, também foi realizado um estudo qualitativo para identificar como se deu o acompanhamento das crianças nesse momento de Covid que foi transformado em uma atividade on line.

A finalização desse acompanhamento se deu no Seminário Nacional Unidade Amiga da Primeira Infância – UAPI, realizado no dia 14 de maio de 2021, transmitido pelo canal do You Tube do UNICEF Brasil, no horário das 09h às 20h, cujo objetivo foi divulgar todo o processo de capacitação, monitoramento, avaliações, atendimento de puericultura com qualidade. 

 Participaram da solenidade Dra. Paola Babos – representante do UNICEF Brasil, Dra. Cristina Albuquerque – Chefe da Unidade de Saúde do UNICEF, Dr. Rui Aguiar – coordenador do escritório UNICEF em Fortaleza-CE, vice – presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria – Dr. Clóvis Francisco Constantino representando a Dra. Luciana Silva, Dra. Sayonara Moura – Presidente da COSEMS, Ceará, Dr. José Maria Ximenes – presidente da ABEN-CE, autoridades municipais Dr. José Sarto Nogueira – Prefeito de Fortaleza, Dra. Esmênia Miranda – vice – prefeita de São Luiz, Dr. Edmilson Brito – prefeito de Belém, Presidentes das Sociedades de Pediatria, Ceará – Dra. Anamaria Cavalcante e Silva,  Maranhão – Dra. Marynea Vale, Rio de Janeiro – Dra. Katia Brandt, Pará – Dra. Vilma Hutim, Bahia – Dra. Dolores Fernandez,  Secretária de Saúde de Fortaleza- Dra. Ana Estela Fernandes, Secretária Municipal  de Educação de Fortaleza –  Dra.  Dalila Saldanha,  Dra. Luciana Albuquerque –  Secretaria de Saúde de Recife – PE, Dra. Antonete Gomes – Coordenadora estadual UNCME-CE, Dr. Aluisio Costa presidente UNDEME Nordeste e demais representantes, Dr. César Victora Professor da Universidade Federal de Pelotas – RS conferencista da palestra: “Efeitos a curto e longo prazo da pobreza na infância”.

A transmissão do evento você confere no link abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here